Calendária

Assista ao belo clipe de “Suave Na Nave”, novo registro da DR. HANK

Cores saturadas, camisetas floridas e um clima super bem-humorado marcam o cenário do belíssimo clipe do single “Suave Na Nave”, da banda porto-alegrense DR. HANK. O registro mostra os integrantes da banda no papel de super-heróis que precisam defender o planeta de ameaças alienígenas no maior estilo filmes B dos anos 80, alto teor cômico ao estilo Seth Rogen e James Franco, com um toque satírico de Hermes e Renato.

Renan Queiroz (voz/violão) conta que a inspiração surgiu a partir de uma visita inusitada de um místico argentino no sítio da banda e que desenvolvia práticas de meditação por meio de sons. “Tivemos uma experiência com ele e simplesmente viajamos longe, perdendo noção de espaço e tempo com meditação e música. Pensamos então que seria legal representar isso de maneira lúdica no clipe que estávamos produzindo”.

O clipe contou ainda com o apoio de vários empreendimentos da Serra Gaúcha, como uma loja de carros importados e um luxuoso hotel que cumpriram papel importante durante a narrativa do vídeo. A produção de “Suave na Nave” ficou por conta de Tonho Crocco (Momo King Records), que também participa do clipe, e deverá integrar o próximo disco da DR. Hank, que ainda não data de lançamento.

Confira o registro!

Formada em 2011, a DR. HANK atualmente conta com Renan Queiroz (voz/violão), Ryan Muterle (baixo), Laerte Ortega (bateria), Rodrigo Zimmer (guitarra), Diego Moreira (guitarra) e Tiago Land (teclas). A banda possui vários trabalhos relevantes, mas após o lançamento do disco de estreia Voa ,de 2013, conseguiu maior projeção, sendo convidada para festivais de peso como Planeta Atlântida, Macondo Circus, Morrostock, Grito Rock e Make Some Noize.

A sonoridade é carregada de ritmos variados como soul, groove, funk, pop e rock. Entre as influências estão Ultramen, Beastie Boys, Rage Against The Machine, Cake, Planet Hemp, Toots & The Maytals, Daft Punk, Gorillaz, The Prodigy, Jorge Ben, Cattarse, Maglore, Esperanza Spalding, Anderson Paak, Kendrick Lamar, Baiana System, Tagore, Mark Ronson, Francisco El Hombre, Jaloo e Racionais MC’s .

Recentemente, os porto-alegrenses caíram na estrada em uma turnê que passará por terras paulistas, com shows na capital (28.04), Marília (29.04), Limeira (30.04) e Tatuí (02.05). Recentemente também postamos aqui no blog da Calendária uma matéria com outros materiais da banda. Clique aqui para conferir!

Anúncios

Supernós agora está nas principais plataformas de streaming

A Supernós lançou nesta semana seu single de estreia, “Syntonize”, nas principais plataformas de streaming.  Se você ainda não conhece a banda de Itapeva-SP, que vem se destacando no circuito alternativo nacional, clique aqui e veja o que está perdendo.  Qual o seu canal preferido? Escolha abaixo e dê o play!

Spotify
Deezer
iTunes
Google Play
Napster
XBox Music 

“Syntonize” estreou nesta terça-feira (7) e já se tornou destaque em diversos veículos especializados em música. Para ficar por dentro de tudo isso siga a Calendária no Facebook e também a Supernós. O single também está disponível no Youtube.

O primeiro suspiro da Supernós! Ouça “Syntonize”, single de estreia da banda de Itapeva-SP

A Supernós, banda de Itapeva-SP que flerta com o indie, pop e rock, lançou nesta terça-feira (7 de fevereiro) o poderoso single “Syntonize”. A música – que fará parte do EP de estreia do quinteto, com previsão de lançamento para abril – surpreende pelo dinamismo e sonoridade impecável. A faixa foi gravada por Gérson Santos (Gersom Studio) e a mixagem e masterização ficaram a cargo de João Antunes, conhecido produtor da banda sorocabana Wry. Ouça abaixo!

O grupo surgiu no fim de 2016 e é formado por Sarah Arcanjo (vocal), Rodolfo Braga (guitarra), Lucas Silva (guitarra), Thalles Macedo (baixo) e Josué Hare (bateria). Os músicos são conhecidos integrantes da cena itapevense, já que vêm de outras importantes bandas da cidade: Pink Big Balls e Pet Food Blues. Entre as influências estão nomes como Clube da Esquina, Gilberto Gil, Titãs, Arnaldo Antunes, Radiohead, Strokes, Arctic Monkeys, David Bowie e Paul McCartney.

“Syntonize” foi inspirada no livro Data Limite. “Entre várias coisas, [o livro] fala muito sobre sintonizarmos e somarmos as coisas boas que estão acontecendo ao redor do mundo. Muitas coisas ruins estão acontecendo e ganham cada vez mais destaque do público e da mídia. Mas, ao mesmo tempo, nunca houve tanto amor – e a música fala disso. Cabe a mim e a você escolher ao que sintonizar”, explica Braga.

As letras, aliás, são um dos pontos fortes da Supernós. Compostas por diferentes integrantes da banda, as músicas falam principalmente “sobre o respeito aos ideais do próximo, o amor na sua forma mais pura e a busca por um senso crítico que ajude a melhorar o meio em que vivemos”. Apesar de ainda não ter nome, já se sabe que o EP de estreia da Supernós contará com seis músicas e estará disponível nas principais plataformas de streaming.

Crédito da Foto: Eduardo Prado
Arte gráfica: Felipe Santos

syntonize-arte

Paula Cavalciuk ironiza elite em clipe de “Maria Invisível”

Nova promessa da música nacional. A artista Paula Cavalciuk lançou recentemente o clipe da música “Maria Invisível”, faixa que estará em seu disco de estreia ainda sem nome e com previsão de lançamento para o mês de outubro. O vídeo tem direção de arte de Daniel Bruson e foi gravado em Sorocaba-SP, cidade em que a banda reside atualmente.

Com instrumental poderoso e irônico, o single satiriza o discurso de superioridade da elite brasileira. A letra conta a história de uma empregada de família rica que é obrigada a lidar com o autoritarismo e falta de bom senso de seus patrões, algo bem comum nesse meio. Apesar de ignorada, “Maria Invisível” é responsável pelas principais tarefas da casa, inclusive educar os filhos de seus “chefes”. Confira o registro!

O disco de estreia é resultado das primeiras investidas autorais apresentadas no show intitulado “Músicas (Im)próprias” e terá co-produção de Gustavo Ruiz (Tulipa Ruiz/Vanessa da Mata) e Bruno Buarque (Karina Buhr/Anelis Assumpção/Céu). Além da cantora (que nos shows também toca gaita, violão, percussão e kazoo), a banda é formada por Vinícius Lima (vocal/violão/viola caipira/guitarra), Fabrício Masutti (baixo) e Ítalo Ribeiro (vocal/percuteria).

Em 2014, Cavalciuk foi finalista do Prêmio Sorocaba de Música com “Maria Invisível” e, neste ano, sagrou-se campeã do mesmo festival com a faixa “Colecionador de Opiniões”. Nos shows, a artista também distribui fanzines feitos manualmente no esquema “pague quanto puder”. O formato resulta em interessantes sonoridades que dialogam com a mensagem da cantora, que usa a música para comunicar o que ela define como “realidade individualmente coletiva”.

Do rock visceral ao mais singelo sertanejo raiz, passando pelo blues e pelo jazz, Cavalciuk tem identidade musical e é dona de um belo timbre e personalidade marcante. De uma linha que se aproxima do estilo de Karina Buhr, Tulipa Ruiz e Céu, a artista promete ser mais uma grata surpresa do cenário nacional.

Siga Paula Cavalciuk nas redes sociais:

Facebook / Youtube / Soundcloud

Assista: Incesto Andar tocando no projeto Tablemakers

O quarteto de rock alternativo Incesto Andar estreou o projeto Tablemakers, que visa registrar bandas diversas mandando um som ao vivo. A faixa escolhida foi “Sensacional”, que estará no EP Deusverno. O grupo anunciou recentemente a entrada do baterista Jefferson Viteri (Fones) para substituir Ricardo Camargo, que teve de deixar a banda por motivos pessoais. Completam o time: Ariel Machado (guitarra/vocal), João Maresia (guitarra) e Igor Costa (baixo).

Em tempo: o projeto Tablemakers é realizado por Marceli Marques e André Pinho. Confira!