Sorocaba

A Última Festa! Sound recebe as bandas Fones, In Venus e A Transgressão

E aí, procurando rolê pra hoje, sábado (5), em Sorocaba-SP? Então aqui vai a dica: o Sound realiza A Última Festa, evento que contará com a apresentação de três bandas de rock alternativo a partir das 22h. Fones, In Venus e A Transgressão. A discotecagem fica a cargo de Patricia Saltara. O Sound fica na avenida General Osório, 509, e a entrada custa apenas R$5. Mais informações aqui.

Trabalhando em um novo EP que será lançado em julho, o Fones retorna ao palco do Sound para apresentar as faixas que estarão no registro, intitulado Minha Existência É um Crime. Com letras que misturam política e vivências pessoais dos integrantes, o quarteto soft punk tem como trabalho mais recente o single “Tiros em Columbine”, um manifesto anti-armas que teve como inspiração o documentário Bowling For Columbine, de Michael Moore.

Facebook

In Venus, por sua vez, é um quarteto de São Paulo com influências de no wave, riot grrrl e post-punk. A banda é formada por Cint Murphy (voz/teclas), Camila Ribeiro (bateria), Rodrigo Lima (guitarra) e Patricia Saltara (baixo). O disco Ruína, de 2017, tem ganhado destaque em diversos veículos especializados e gerado uma série de apresentações do grupo. Ouça abaixo.

Facebook

A Transgressão é o projeto do lendário músico sorocabano Rai Mein. Com influências de pós-punk e garage rock, a banda passou por diversas formações e atualmente conta com Rai (guitarra/vocal), Inacio (guitarra), Chico (bateria) e Renan Pereyra (baixo).  O trabalho mais recente do grupo é o EP Inconstante, que conta com quatro faixas.

Facebook

Anúncios

Circadélica 2018 revela line up. Conheça as atrações!   

Circadélica 2018, festival de música que acontece nos dias 28 e 29 de julho, em Sorocaba-SP, anunciou neste domingo (29) seu line up. Nessa terceira edição, o evento contará com 28 bandas/artistas de expressão nacional e de variados estilos. Os ingressos do primeiro lote custam R$95 (válido para os 2 dias na arena) e podem ser adquiridos aqui.

As atrações são: Tropkillaz, Emicida, O Terno, Flora Matos, Vanguart, Fresno, Jaloo, A Banda Mais Bonita da Cidade, Selvagens à Procura de Lei, Zander, Tagore, Menores Atos, Baleia, Zimbra, Jonnata Doll e os Garotos Solventes, E a Terra Nunca Me Pareceu Tão Distante, Gorduratrans, My Magical Glowing Lens, Kill Moves, Bike, Hierofante Púrpura, Deb And The Mentals, Miêta, Fones, Sky Down, Paramethrik, Benziê e Os Pontas.

O line up abrange rock, indie, rap, pop, hardcore, emo, shoegaze, eletrônico e nova MPB. “A definição demorou um pouco. Gosto de pensar bastante, como se estivesse escolhendo as músicas para uma pista de dança. No fim chegamos a um resultado que nos agradou bastante”, conta Mario Bross, um dos organizadores do festival.

A primeira edição do Circadélica aconteceu em 2001. O retorno do festival, no ano passado, recebeu cerca de 7 mil pessoas e nomes de peso, como Liniker e os Caramelows, Kamau, Supercombo, Francisco El Hombre, Vivendo do Ócio, Boogarins, Dead Fish e Far From Alaska. Além das atrações musicais, o espaço contará com diversas lojas, food trucks, dois palcos, tatuadores e artistas circenses interagindo com o público. O Asteroid, conhecida casa de shows da cidade, também receberá eventos ligados ao festival.

O Circadélica 2018 será realizado na avenida Comendador Pereira Inácio, 1771, em Sorocaba-SP.

Circadélica 2018 inicia venda de ingressos! 

Circadélica 2018, festival de música que já é considerado um dos mais importantes do interior paulista, iniciou a pré-venda dos ingressos. Nesse primeiro momento, o passaporte (que dá direito aos dois dias de festival) sai por apenas R$70, valor que será reajustado para R$95 com a revelação das atrações, no fim de abril. O Circadélica acontece nos dias 28 e 29 de julho, na avenida Comendador Pereira Inácio, em Sorocaba-SP.

A primeira edição do evento aconteceu há 16 anos e reuniu diversos artistas de expressão da música independente brasileira. Já o retorno do festival, que no ano passado recebeu cerca de 7 mil pessoas, contou com nomes como Liniker e os Caramelows, Mahmundi, Kamau, Francisco El Hombre, Vivendo do Ócio, Scalene, Boogarins, Dead Fish e Far From Alaska.

Far From Alaska no Circadélica 2017. Foto: Camila Cara

Para a terceira edição, a organização aposta novamente em um line up de peso para atrair o público. “Teremos grandes nomes do cenário musical nacional e indispensáveis atrações alternativas. Como no ano passado, vai ter rock, rap, pop, hardcore, emo, nova MPB e alternativo”, revela Mario Bross, um dos organizadores do evento.

Além das atrações musicais, o Circadélica contará com diversas lojas, food trucks, artistas interagindo com o público e sistema de pulseiras. O Asteroid, conhecida casa de shows da cidade, também receberá shows do festival. Os ingressos para o Circadélica 2018 podem ser adquiridos aqui.

Acompanhe o Circadélica na web:

Achados & Perdidos | Evento reúne 5 bandas de garage rock neste domingo em Sorocaba-SP

Neste domingo (18 de março), a partir das 15h, o Complexo Mofo recebe o evento Achados & Perdidos, que celebra o lançamento da coletânea Achados & Perdidos Vol 1. Na ocasião, as cinco bandas que fazem parte da compilação – de Sorocaba-SP e Campinas-SP – farão pocket shows no local: Agente Secreto, Bomba Show, Deharu, Leila e A Transgressão.

“É comum ver projetos musicais terminarem inéditos, dentro de gavetas, garagens, CD-r’s amarelados ou HDs de computadores pessoais. O Achados & Perdidos visa promover essas músicas exclusivas, gravadas em casa, com os equipamentos e técnicas de cada um; cada projeto com seu próprio fôlego”, explicam os idealizadores do evento.

Além das atrações musicais, o evento contará ainda com exposição dos artistas Waldomiro Mugrelise (Campinas-SP) e Luitz Terra (Sorocaba-SP). O Complexo Mofo fica na rua Eugênio Rabelo, 74, em Sorocaba-SP. A entrada custa R$10, sendo que todos os participantes ganharão um CD da coletânea. Mais informações pelo telefone (15) 99131-1079.

Confirme presença no evento aqui. Ouça a coletânea Achados & Perdidos Vol 1 no site oficial do projeto ou pelo player abaixo.

 

Com influências de post-punk e garage rock nacional, Sad Fuzz 52 desponta com o single “Blue Girl”

Com influências do bom e velho post-punk e do garage rock nacional, o jovem duo sorocabano que atende por Sad Fuzz 52 despontou recentemente com o ousado single “Blue Girl” – música que conta a história de um espírito feminino que captura garotos adolescentes para assassiná-los (Joy Ramone curtiu isso).

Formada em 2016 e composta por Sad Eyes (voz/guitarra) e Purple Fuzz (bateria), a banda cita ainda referências do indie, shoegaze e 90’s. Nomes como The White Stripes, Jair Naves e The XX são algumas das influências diretas da dupla.

O projeto ganhou destaque depois de Sad e Purple aparecerem fazendo pequenos shows em diversos cantos da cidade de Sorocaba-SP e chegando a dividir o palco com nomes de expressão como gorduratrans e Eatnmptd. As performances sempre enérgicas, aliás, são um dos diferenciais do jovem grupo.

“Blue Girl” surpreende pela sua originalidade, com diversas passagens que nos remetem a um punhado de sentimentos poéticos e obscuros. A faixa foi produzida por David Consani e André Pinho, no estúdio Solana Records. A arte, que pode ser conferida logo abaixo, é assinada pela artista Gabrielle Corrêa.

Atualmente a Sad Fuzz trabalha em seu primeiro disco, ainda sem previsão de lançamento. Ouça “Blue Girl”!

Medrar | Banda sorocabana lança o EP Luzia, produzido por Guilherme Kastrup

A espera terminou! Nesta quinta-feira (12 de outubro) a banda sorocabana Medrar finalmente lançou seu aguardado novo EP, intitulado Luzia. O trabalho conta com duas faixas, a própria “Luzia” e “Alarde”, e foi gravado no Teatro Sesc, em Sorocaba-SP. O registro ganhou vida depois da banda ser selecionada por Guilherme Kastrup (que entre outros feitos assina o trabalho mais recente de Elza Soares) pelo Projeto Demorô.

“A presença do Kastrup de forma mais concreta no imaginário da banda fez nos aproximar de referências que não eram muito óbvias para todas integrantes, somando construções percussivas e brasilidades ao nosso ímpeto distorcido e quebrado”, conta a banda.

Confira o resultado abaixo!

A Medrar foi formada em agosto de 2013, em Sorocaba, e atualmente é composta por Mya Machado (voz/guitarra), Ari Holtz (baixo), Zé Aquiles (bateria) e Rafael Ferraz (guitarra). Apostando em uma sonoridade experimental e não linear, o quarteto conta com influências diversas. Do rock alternativo à MPB, algumas das referências líricas e sonoras são Gal Costa, John Frusciante, Patti Smith, Jair Naves, La Carne e Juçara Marçal.

Lembrada por suas apresentações frenéticas e pelos potentes vocais de Mya Machado, o grupo tem se destacado com apresentações em importantes festivais e casas de show.  Luzia será lançado também em forma física junto a um belo poster da artista Ella Vieira, que assina a arte do registro. O EP estará em breve nas principais plataformas de streaming.

 

Cartaz_Encarte_Ep_Luzia (por Ella Vieira)

Fones Junkie Club | Sound recebe cinco bandas hoje: Ozu (SP), Poltergat (SP), Preu (RJ), De Circe e Fones

O Sound recebe hoje (6 de maio) mais uma edição da Fones Junkie Club, com shows das bandas Ozu (SP), Poltergat (SP), Preu (RJ) e as locais De Circe e Fones. A festa começa às 19h e a entrada custa apenas R$5. A discotecagem fica por conta dos DJs Rai Mein (Garage Dark) e Peterson Ruiz (Ziur) e a noite conta ainda com diversas promoções de bebidas. O Sound fica na rua General Osório, 509, em Sorocaba-SP, na Vila Trujillo.

POLTERGAT (SP)

Trio garage rock pauleira de sampa divulgando seu disco de estreia, Blanka. Gabriel Muchon (guitarra/voz), Guilherme Migliavaca (bateria) e Luis Eduardo (baixo).

DE CIRCE (Sorocaba)

Banda de rock alternativo proveniente das garagens do bairro Éden. Guilherme Ayrolla (vocal/guitarra), Déh Castiglioni (guitarra), Marcelo Magno (bateria) e Ajota Senoma (baixo/vocal).

PREU (RJ)

Trio post-grunge da Baixada Fluminense, mais precisamente São João de Meriti. A banda trabalha no seu primeiro EP e é formada por Georges Davi (guitarra/vocal), Marcus Godoy (baixo) e Anderson da Silva (bateria).

FONES (Sorocaba)

Quarteto soft punk sorocabano, que vem com novas músicas e nova formação: Renan Pereyra (guitarra/voz), Mauricio Barros (guitarra), Paulo Augusto (baixo) e Gabriel Wiltemburg (bateria).

OZU (SP)

Trip hop envolvente direto da capital.